m Rádio Boa Música FM / Blog de Notícias e Streaming de áudio e vídeos: A filosofia Africana nos traz sabedoria: Sankofa

Siga nossa rádio.

Slide

Sharethis

câmera estúdio

câmera estúdio

Player Tv Streaming

Visitantes:

Seja bem vindo! Chame-nos no chat.

Fale conosco, estamos on-line!

Compartilhe nosso blog e programas ao vivo para seus amigos e familiares clicando abaixo nos botões

Compartilhe nosso blog e programas ao vivo para seus amigos e familiares clicando abaixo nos botões

Compartilha para diversas Redes Sociais

Anuncie Aqui!

Anuncie Aqui!

Galeria do Instagram

Minhas Redes Socais

Visitas

segunda-feira, 6 de julho de 2020

A filosofia Africana nos traz sabedoria: Sankofa

Por: Ana Paula Ponciano Serra


Filosofia Africana nos traz sabedoria: Sankofa

                                          

                                                              imagem do google    


Quantos de nós, já fomos desacreditados dos nossos sonhos, até mesmo pela nossa família e não desistimos?

Pois é,  lá no fundo, sabíamos que iríamos conseguir. Lembre-se do que você passou até aqui, e tenho certeza que isso te ajudará a motivar alguém, além de trazer uma guinada para vida. 

Eu acredito que cada um de nós somos inspiradores e podemos transformar, a vida de muitas pessoas através da nossas lutas, potencial, e conquistas, e devemos fazer isso.

Olhando em volta, muitos de nós negros ficamos espremidos a uma conduta ou lugar que não é nosso, e sim historicamente e socialmente nos imputaram após a abolição, e que perpetua até hoje, juntamente com conceitos racistas de que o negro não é capaz de ocupar lugar de destaque, de se aprimorar e evoluir profissionalmente.

Mas com apoio das palavras de muitas mães pretas que diziam: “ filho você é preto, tem que ser melhor…. duas vezes melhor…”  e acredite o Mano Brown, do grupo Racionais Mc’s,  disse que sua mãe falava isso para ele, em um trecho da música: “ A vida é um desafio”. 

Sim trabalhar estudar , desenvolver nossas habilidades e não parar. 

Sou profissional de enfermagem e foi degrau por degrau com muita dificuldade, mas até chegar nas minhas 3 pós graduações coloquei no meu coração, que eu seria capaz, de fazer e chegar onde eu quiser, porém só seria duas vezes mais difícil. 

Mas se nós pretos, pararmos para pensar, o que passaram e como sofreram no período da escravidão nossos ancestrais, o quanto nossos  pais trabalharam para nos criar, duas vezes mais que alguns outros, nós  podemos conseguir, e se um consegue, todos também podem. Historicamente sofremos muita pressão para viver nessa sociedade, fomos oprimidos de forma intelectual, ficando com a pior parte do ensino público na educação básica, até o ensino médio por falta de recursos nas escolas em sua grande maioria, e quando colocamos isso na balança, assusta, paralisa alguns de nós que acabam desistindo no meio do caminho, por terem dificuldades e não se sentirem capazes de competir com quem teve um preparo educacional melhor, e que não precisaram estudar e trabalhar para ajudar no sustento da família e além de muitos ainda terem a fome como agravante no processo de aprendizado. Esperar apoio de pessoas que dificilmente virá, faz com que você se autoanálise e descubra sua capacidade e potência em conseguir o que seu coração desejar. Então, planeje e dê seu melhor, não desista, olhe para frente e se você estiver lendo agora e desistiu de um sonho parou pela metade te digo uma palavra que sempre representou  o que penso, e que você a partir de agora possa interiorizar  que é  Sankofa.


                                        

                                                              imagem do google 


O conceito de Sankofa (Sanko = voltar; fa = buscar, trazer) origina-se de um provérbio de língua Akan da África Ocidental, em Gana, Togo e Costa do Marfim. 

Em Akan “se wo were fi na wosan kofa a yenki”significa “não é tarde para  voltar atrás e buscar o que esqueceu”. Como um símbolo Adinkra também se apresenta como um desenho similar ao coração ocidental. Sankofa ensinaria a possibilidade de voltar atrás, às nossas raízes, para poder realizar nosso potencial para avançar. Sankofa é, assim, uma realização do eu, individual e coletivo. O que quer que seja que tenha sido perdido, esquecido, renunciado ou privado, pode ser reclamado, reavivado, preservado ou perpetuado. Ele representa os conceitos de auto identidade e redefinição. Simboliza uma compreensão do destino individual e da identidade coletiva do grupo cultural. É parte do conhecimento dos povos africanos, expressando a busca de sabedoria em aprender com o passado para entender o presente e moldar o futuro.¹

Assim aprendemos que nunca é tarde para voltar atrás e resgatar aquilo que deixou, atuando no passado, trazer um novo significado para o presente, assim mudamos o nosso futuro.

Até breve!


Referência no texto:

1.http://www.revistas.usp.br/sankofa/about


Siga me nas redes sociais:


Instagram: @plusdasplus, @mulherespanteranegra, @statusenfermeira

Telegram : @mulherespanteranegra  @paporetosemcurvas


Se esse conteúdo foi útil para você, deixe seu comentário, participe, inscreva-se, dê um like e compartilhe em suas redes sociais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Compartilhe nossas matérias e/ou artigos em suas redes sociais. Nos apoie!

Compartilhe já!