m Rádio Boa Música FM / Blog de Notícias e Streaming de áudio e vídeos: Papo sobre cinema!

play de música

câmera estúdio

câmera estúdio

Player Tv Streaming

Visitantes:

Chat On-Line (Botão Vermelho)

Fale conosco, estamos on-line!

Sharethis

Destaque

Destaque

PLYAER 2 COM VÍDEOS CLIPS - KS

Pesquise aqui seus interesses.

Banner do whats para ligação

Siga nossa rádio.

Compartilhe nosso blog e programas ao vivo para seus amigos e familiares clicando abaixo nos botões

Compartilhe nosso blog e programas ao vivo para seus amigos e familiares clicando abaixo nos botões

Compartilha para diversas Redes Sociais

Clique no botão Flutuando do Whats e ligue ao vivo

Reprises

Galeria do Instagram

Minhas Redes Socais

Visitas

OnSignal - Push Notification

quinta-feira, 3 de junho de 2021

Papo sobre cinema!

Fonte: Pinterest


    "Pane no sistema, nível de oxigênio 35%" coitada dessa mulher o caixão dela usa uma versão modificada da Cortana, alguém avisa pra ela que em Hallo 5 a Cortana é a vilã hahaha.

    Oxygen "Oxigênio" é sim um nome bem simples para uma obra que não é tão simples assim, ou pelo menos fez o possível né, porque adivinhem quem estragou parte da experiência nas primeiras dicas e o resto todo logo depois de uma ligação, sim sim eu mesmo!

    Mas não me julguem por favor, o filme cria bem uma atmosfera de mistério sobre onde, como, porquê e quem, sim eu disse quem, porque a personagem não sabe nem mesmo quem ela é, mas mas mas, as pequenas pistas dos primeiros 20min no meu caso já foram o suficiente para responder parte dessas perguntas e depois de um certo diálogo então, vesh.

    A jornada da Bioforma Omicron267 é tensa, claustrofóbica e às vezes irritante e nem da pra pensar "que diacho de mulher inteligente e burra ao mesmo tempo, para de gastar seu oxigênio cara!!!!!" Simplesmente porque a mulher tá presa em uma fuking caixa apertada e suas únicas "companhias" são alucinações, fragmentos de memória, e uma inteligência artificial que na moral parece que tá tramando alguma coisa, parece chato né, mas Mélanie Laurent dá conta de nós deixar querendo saber que raio tá acontecendo. A busca dela para entender tudo a levou a estar ali, seria chata e até mesmo medíocre "eu desprezo essa palavra aliás", mas ela entrega emoções genuínas demais para serem ignoradas, além do fato de que gravar um filme todo naquele espacinho certeza que não foi fácil.

    Mas eu gosto mesmo é do M.I.L.O, ah malditas máquinas, é impossível assistir ao filme e não ter certeza que esse Robô tá de sacanagem, quando ele diz "gostaria de um sedativo?", e ele fala várias vezes, aí que o cinismo desse cretino chega no máximo e ao mesmo tempo é tão tão legal, definitivamente não dá para saber se ele está tentando ajudar, se é neutro, ou é do mal mesmo, eu pelo menos fiquei torcendo para ele ser só sarcástico mesmo hahaha

    Prestar atenção no M.I.L.O é de vital importância para entender o filme, pois é ele que de propósito ou não joga todas as dicas, tem uma sequência aqui aliás, a do PEC, que ao mesmo tempo que me deu um desespero eu ri demais, principalmente quando ela reclama do sedativo.

    Oxigênio é um filme que se passa em um ambiente só e o menor ambiente que eu vi até agora, acho que não dá nem pra diminuir mais aliás, (na verdade até dá, mas quero ver alguém fazer um filme bom só com uma cabeça na caixa), cheio de segredos, com duas ótimas atuações, uma bela dublagem, quase sem trilha sonora e que vale muito a pena não só ver por ver, mas sim passar mal e se sentir apertado assim como a protagonista. Mas infelizmente para ele K. Kong é o bichão e mesmo sabendo que eu no lugar da Liz iria chorar como um bebê até a morte, eu vou contar vantagem e dizer que teria no desespero entendido tudo que estava rolando ali.

    Desculpem, mas já que me fizeram perder duas vezes para o Calango nuclear, agora eu também não vou perder para mais ninguém (Paciência, logo logo falo sobre Kong vs Zilla).



Por: K. Kong



Se esse conteúdo foi útil para você, deixe seu comentário, participe, inscreva-se, dê um like e compartilhe em suas redes sociais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Compartilhe nossas matérias e/ou artigos em suas redes sociais. Nos apoie!