Pular para o conteúdo principal

.

.

Assista nossa Transmissão ao vivo aqui, clicando no Player. Atualize sua página se for necessário.

Audiência

.

.

Fale conosco, estamos on-line!

.


PLAYER / PROGRAMAS E VÍDEOS CLIPS - DESTAQUES

.

Tradutor

.

Pesquise aqui seus interesses.

.

Ligue ao vivo em nossa rádio e fale conosco.

Reprises

Siga nossa rádio.

Curta nossa Página no Facebook.

40 anos de epidemia no Brasil

40 anos de epidemia no Brasil


Imagem do Google


Há quase quatro décadas o Brasil enfrenta um inimigo invisível, o vírus HIV. Dados do Ministério da Saúde mostram que atualmente, cerca de 920 mil pessoas vivem com HIV no Brasil. Dessas, 89% foram diagnosticadas, 77% fazem tratamento com antirretroviral e 94% das pessoas em tratamento não transmitem o HIV por via sexual por terem atingido carga viral indetectável. E entre os infectados tem maior prevalência entre jovens, negros  LGBT+.


Uma das razões para esses números é a falta de campanhas que dialoguem diretamente com esse público. Os órgão de saúde insistem em reproduzir o discurso ultrapassado da década de 90, de “use camisinha”. Em 2017 a cidade de São Paulo adotou um novo argumento, a prevenção combinada, e desde então tem visto os números de infecção diminuírem, que em comparação com os anos anteriores houve uma redução de 11%.


Mas o que seria a prevenção combinada? São elas a PrEP (Profilaxia Pré-Exposição) que é indicada e utilizada antes da exposição sexual, e a PEP (Profilaxia Pós-Exposição)  utilizada após uma exposição sexual com indicação de prevenção do HIV.


A PrEP consiste, basicamente, na prevenção da infecção pelo HIV através da tomada de um comprimido diário que contém duas medicações: tenofovir e emtricitabina. A PEP consiste na tomada de três medicações – tenofovir, lamivudina e dolutegravir – durante 30 dias para prevenir a infecção pelo HIV. É importante lembrar que a pessoa exposta tem que iniciar a tomada dos remédios em até 72h após o contato.


Precisamos falar sobre o HIV e outras IST (infecções sexualmente transmitida), o silêncio em torno do HIV/Aids perpetua a epidemia. A autonomia sobre o corpo, aliada a informações técnicas corretas e sem julgamento moral, é o que pode interromper o ciclo.



Se esse conteúdo foi útil para você, deixe seu comentário, participe, inscreva-se, dê um like e compartilhe em suas redes sociais.

Comentários

  1. Assunto necessário... Precisamos difundir as formas de prevenção.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Compartilhe nossos artigos e matérias em suas redes sociais.

Postagens mais visitadas deste blog

Renan Kneipp, uma das apostas da música pop/R&B brasileira, acaba de lançar seu primeiro EP, '1/4'!

Fotos: Tarricone.   Novo artista da música pop brasileira, Renan Kneipp acaba de lançar seu primeiro EP, '1/4', com os singles 'Save the Little Boy' e 'Carente', além de 3 músicas novas que não vão sair da sua cabeça.   Renan Kneipp, finalmente, lançou seu primeiro EP, '1/4', que vem sendo trabalhado desde março, com o lançamento dos singles contagiantes Save the Little Boy e Carente. O projeto conta a história de uma pessoa em busca de própria identidade enquanto vive experiências marcantes e sensíveis no mundo real. Tudo isso com bastante energia e autenticidade enquanto o cantor explora combinações e ritmos diferentes. Agora, com o lançamento de '2 de janeiro', 'A Gente Se Vê' e 'Santo', o artista conclui a narrativa do projeto apresentando um novo lado seu: um lado sensível e independente com boas expectativas para um novo ciclo, enquanto celebra a jornada de seus 25 anos.  '1/4' é uma história que todos nós conseguimo

Papo sobre cinema!

Fonte: Pinterest      E ai pessoal como vocês estão?      Eu sei que 2020 já acabou, mas como ele não foi feito só de coisa ruim resolvi conversar com vocês também sobre o Melhor filme de 2020      Eu quase quase quase vim falar sobre O Resgate ou O Poço, mas o filme do Ano vai além da ação lindamente coreografada ou da história interessante e repleta de simbologia e claro, só poderia ser um filme dirigido por um mestre que na real sim tão importante quanto Scorsese, Spielberg e esses outros monstros que são falados o tempo todo.      "Eu acho que, os Estados Unidos nos deve, nós construimos essa merda!" Pois é Norman dívida histórica é um ponto em tudo que o Brasil também nos deve, construímos e fizemos história aqui mas são os colonizadores que tem estátuas e imagina você que aqui homens e mulheres negros que estão nos livros de história são mostrados como brancos.      Sim, eu estou falando de um filme directed by Spike Lee, que fala sobre a guerra do Vietnã como você com

Papo Sobre Cinema!

Fonte: Pin.it.com    "Obrigado Chadwick pelo o que fez por nós!" Disse uma mulher Negra emocionada enquanto o abraçava em um programa de TV que colocou o ator atrás de um cartaz do filme Pantera Negra.      Que tal um papo diferente nesse fim de mês?      Vamos falar sobre representatividade, acho que vocês já estão prontos para essa conversa, se não estão geralmente é porque são Homens Héteros Cis e Brancos e nesse caso, bem, leia mesmo porque você precisa até mais que os outros consumir esse tipo de conteúdo, hahahaha...      Antes de chegarmos na Representatividade precisamos primeiro entender outras duas coisas, primeiro a 7ª arte, para fazer cinema e Tv é preciso saber que você precisa provocar reações visuais e auditivas para então criar um sentimento no seu público e tudo isso é feito de acordo com sua intenção, com os signos que você escolhe usar, a sua visão deve cativar a atenção do público e no começo era menos complexo, bora de exemplo:      Em 1896 os irm