Pular para o conteúdo principal

.

.

Assista nossa Transmissão ao vivo aqui, clicando no Player. Atualize sua página se for necessário.

Audiência

.

.

Fale conosco, estamos on-line!

.


PLAYER / PROGRAMAS E VÍDEOS CLIPS - DESTAQUES

.

Tradutor

.

Pesquise aqui seus interesses.

.

Ligue ao vivo em nossa rádio e fale conosco.

Reprises

Siga nossa rádio.

Curta nossa Página no Facebook.

Papo Sobre Cinema!

Fonte: Pin.it.com



    "Não quero que você olhe para cima e veja seu Pai fugindo" 2022 começou, mas hoje ainda temos 2021 para atualizar e vou começar me retratando, Vingança & Castigo é sem dúvida um filmasso, mas eu seria injusto agora em deixá-lo no primeiro lugar. 

    King Richards (King Richards: Criando Campeãs), um filme que definitivamente não deveria ter um subtítulo pelo menos não esse, pois eu duvido muito que quando as irmãs Willians pensaram em produzir um filme falando de seu Pai elas não pensaram em citar elas mesmas no título, afinal segundo o filme não foi o que ele as ensinou.

    Que filme lindo e não estou falando da produção de arte, embora poderia afinal de contas até os penteados delas foram reproduzidos certinho, eu falo mesmo sobre a História e como ela foi contada, Zach Baylin poderia ter escrito tendencioso a mostrar os problemas de um Marido e seu vício com um plano maluco para suas filhas, Reinaldo Marcus Green, poderia ter escolhido prolongar e evidenciar todas as cenas em que Richard cometeu algum erro E tendo Will Smith no papel principal, tenho certeza que as emoções seriam igualmente fortes porém contrárias e ruins. Porém contar uma História e evidenciar os erros de um Homem é fácil e escondê los também, mas esse não é um Filme sobre os problemas conjugais de um Marido e sim um filme sobre algo que a muito tempo está em falta nesse mundo, um Pai de verdade, aquele mítico Herói, além claro de ter a preocupação e a delicadeza de evidênciar que a Sra Willians é igualmente Top, mas do jeito dela. Para quem não entendeu a beleza nessas escolhas, o filme não fala dos negócios de King Willians, nem mostra seus outros filhos, muito menos mostra sua vida de casal, pois essa História foi contada apesar de não ser narrado por suas filhas, pelo olhar de crianças e adolescentes que apesar de pobres tiveram os melhores Pais que poderiam pedir e é por isso que a maior parte do filme tem pelo menos uma das 5 meninas por perto, mesmo que seja escondida.

    Sobre o elenco, bom, o Show é garantido pelo elenco todo então vou falar primeiro sobre Saniyya Sidney e Demi Singleton, contracenar com um monstro desses não deve ser fácil, mas meu Deus como essas meninas são talentosas e como pode conseguirem demonstrar aquele fogo nos olhos, aquele poder de quem entra em uma competição dando tudo que tem, a firmeza em cada posição e balançar de raquete que, aliás, que enquadramentos lindos, fãs de esporte, juro que lembrei das minhas Histórias nas quadras de Basquete, tudo isso sem contar o fato de que o Will nunca contracena com crianças feinhas hahaha que crianças lindas, a vergonha inerente no papel de Vênus Willians com costas meio arqueadas por exemplo não atrapalha em nada Sanyya de poder aparecer Muito e ao mesmo tempo não engolir a presença de Dani ou Vênus conforme a História das personagens inclusive pede e isso também soma pontos para a direção. 

    Sobre os dois treinadores eu queria falar principalmente sobre Rick Macci (Jon Bernthal que está irreconhecível porque depois da série Justiceiro de 2017, só quero vê-lo com uma raquete na mão se for para falar que vai dar com ela na cara de vagabundo hahahaha), esse cara é muito dahora, não sei como é o Queen's atualmente, mas nos anos 90, não era um lugar onde gente branca, principalmente com dinheiro, deveria circular pelas ruas, mas ele foi, ele aceitou um contrato de realocação de uma família toda e mesmo contrariado aceitou não colocar as meninas para competir durante um período não determinado, fora claro as constantes interrupções do Pai que com toda certeza aconteceram durante todo aquele tempo. Falando nisso vocês já perceberam como pessoas Brancas nunca sabem lidar com pessoas Negras nos negócios?

   É normal mesmo que julguemos que foi sem querer eles acreditarem em coisas que entendo que não acreditariam normalmente como, por exemplo, aceitar a primeira proposta de patrocínio que passa pela porta ou nesse caso não conseguir entender quando uma posição drástica e dura na verdade pode ser uma defesa, em geral todo produtor, agente, empresário, treinador e etc que não quer nos sacanear fica doidinho antes de ganhar muita grana e alguns ainda tem seu escritório quebrado com bastão de baseball (peguei pesado na referência né, mas aconteceu, então assistam Straight Outta Compton: A História do N.W.A. de 2015).

    E finalmente temos Senhor e Senhora Willians, que casal, por mais que seu marido tenha realmente negligênciado sua importância a verdade é que Brandi Willians é braba, afinal ela é a responsável por arrumar o saque da filha melhor do mundo, mas da filha melhor de todos os tempos (falei e sai correndo), maravilhosa, achei incrível como ela defende a família a tal ponto onde consegue se manter do lado do marido mesmo quando não concorda com sua atitude, pelo menos enquanto o cara Branco tá perto e depois ela lasca ele claro, ou como ela ameaça a vizinha babaca em poucas palavras ou mesmo quando explode com seu marido, ela não é apagada na História e fica claro que apesar dos obstáculos ela acredita que o caminho certo é realmente aquele e diria que com menos dúvidas que Richard.

    Eu falei Richard né, então vamos falar desse Oscar?

  Será que o Richard de verdade também previu que alguém ganharia um Oscar interpretando ele?

    Porque esse aí é o vidente que eu respeito, traçar um plano para seus filhos é fácil, agora ter filhos que não só queiram seguir o plano mas que amem o plano com toda a verdade, que realmente alimentam sonhos de serem os melhores dos melhores ali, isso não é um plano é iluminação, não tem outra explicação mas enfim…

    Atuar já é extremamente difícil, agora imagina atuar sabendo exatamente os sentimentos do personagem? Contrário do que possa parecer, quando você tem já sentiu na sua pele ou teme por sentir o mesmo que seu personagem, atuar é muito mais difícil, um exemplo: quando estava na faculdade, fui chamado para ajudar a fazer uma cena de estupro e eu recusei na mesma hora, o motivo é simples, primeiro que não sou ator, segundo que estamos falando de um ato no qual eu tenho uma repulsa enorme, meu estômago revira só de pensar, imagina para a atriz então o quanto é difícil uma cena dessa. Agora vamos trazer essa mesma base para filmes Negros exemplo: Milagre (1999), Raça (2016), 12 Anos de Escravidão (2013), Moonlight (2016), já pensou o quanto foi difícil para cada ator sofrer na pele de outra pessoa tudo aquilo que já sofrem em sua própria pele? Agora imagina para o Will, que também é Pai, estar na pele de um Pai que sai do Queen's com a certeza que suas filhas são as melhores das melhores só que em um lugar onde todos são Brancos e com dinheiro, imagina se ele ousaria pensar que aquele Homem tomou atitudes erradas quando por medo do que suas filhas iam sofrer antes de virarem profissionais as retirou de campeonatos, pois eu digo que ninguém que sinta tudo que aquele Homem sentiu vai dizer que ele errou porque nós sentimos toda aquela dor junto com ele desde a sequência da intervenção policial, já Will Smith teve a coragem de não só sentir, mas de colocar pra fora tudo isso de uma forma perfeita, eu imagino de verdade que em todas as cenas mais pesadas incluindo a da arma (assiste que tem), aquela emoção não era só do personagem mas também do ator e por mais lindos que sejam outros filmes como por exemplo: Billy Elliot (2000), Forrest Gump - O Contador de Histórias (1994), Patch Adams - O Amor É Contagioso (1998), Spencer (2021), nenhum deles conseguiria tirar essa entrega tão Genuína que tem os outros citados e claro King Richards.

    Uma pena que provavelmente Beyoncé não vá ganhar o Oscar de melhor Trilha sonora esse ano, porque até a trilha desse filme é sensacional, só que estamos em ano de música de 007, então como não importa quem canta só importa ser dos filmes de 007 a zebra tem que ser boa, mas King Richards é com toda certeza um filme para ganhar pelo menos 3 Oscars, embora figurino e maquiagem se der Spencer eu não vou reclamar muito...

    Agora que você leu tudo, vai lá assistir o filme e não tenha vergonha de se emocionar no final, acontece e isso significa que você é um Humano melhor que eu.

 


Por: K. Kong




Se esse conteúdo foi útil para você, deixe seu comentário, participe, inscreva-se, dê um like e compartilhe em suas redes sociais.

Comentários

Compartilhe nossos artigos e matérias em suas redes sociais.

Postagens mais visitadas deste blog

Renan Kneipp, uma das apostas da música pop/R&B brasileira, acaba de lançar seu primeiro EP, '1/4'!

Fotos: Tarricone.   Novo artista da música pop brasileira, Renan Kneipp acaba de lançar seu primeiro EP, '1/4', com os singles 'Save the Little Boy' e 'Carente', além de 3 músicas novas que não vão sair da sua cabeça.   Renan Kneipp, finalmente, lançou seu primeiro EP, '1/4', que vem sendo trabalhado desde março, com o lançamento dos singles contagiantes Save the Little Boy e Carente. O projeto conta a história de uma pessoa em busca de própria identidade enquanto vive experiências marcantes e sensíveis no mundo real. Tudo isso com bastante energia e autenticidade enquanto o cantor explora combinações e ritmos diferentes. Agora, com o lançamento de '2 de janeiro', 'A Gente Se Vê' e 'Santo', o artista conclui a narrativa do projeto apresentando um novo lado seu: um lado sensível e independente com boas expectativas para um novo ciclo, enquanto celebra a jornada de seus 25 anos.  '1/4' é uma história que todos nós conseguimo

The Realness Festival: Vencedoras de RuPaul’s Drag Race All Stars, ALASKA THUNDERFUCK e KYLIE SONIQUE se apresentam no Brasil em 2022!

Fotos: Divulgação.   Prometendo ser o maior festival drag da América Latina, evento também receberá nomes como Jujubee, Trinity K Bonet, Denali Foxx, Tatianna, Rajah O' Hara e Roxxxy Andrews, que fizeram sucesso no reality.   A cidade de São Paulo está prestes a receber alguns dos maiores nomes de Ru Paul´s Drag Race, do universo drag e da comunidade LGBTQIA+. Arrastando multidões por onde passa, o time encabeçado por Alaska Thunderfuck e Kylie Sonique – vencedoras da segunda e a sexta (última) temporada da edição All Stars de RuPaul´s Drag Race – chegam à capital paulista para apresentação única. Além das campeãs, nomes inesquecíveis como Jujubee, Trinity K Bonet, Denali Foxx, Rajah O' Hara, Tatianna e Roxxxy Andrews, trazem ao Brasil toda energia e performances conhecidas no programa. As apresentações acontecem no The Realness Festival, que promete ser o maior festival drag da América Latina, que acontece na Audio, no dia 13 de agosto de 2022. Os ingressos já estão à venda. F

Papo Sobre Cinema!

Fonte: Pin.it.com    "Obrigado Chadwick pelo o que fez por nós!" Disse uma mulher Negra emocionada enquanto o abraçava em um programa de TV que colocou o ator atrás de um cartaz do filme Pantera Negra.      Que tal um papo diferente nesse fim de mês?      Vamos falar sobre representatividade, acho que vocês já estão prontos para essa conversa, se não estão geralmente é porque são Homens Héteros Cis e Brancos e nesse caso, bem, leia mesmo porque você precisa até mais que os outros consumir esse tipo de conteúdo, hahahaha...      Antes de chegarmos na Representatividade precisamos primeiro entender outras duas coisas, primeiro a 7ª arte, para fazer cinema e Tv é preciso saber que você precisa provocar reações visuais e auditivas para então criar um sentimento no seu público e tudo isso é feito de acordo com sua intenção, com os signos que você escolhe usar, a sua visão deve cativar a atenção do público e no começo era menos complexo, bora de exemplo:      Em 1896 os irm